Primeiro, encanto. Depois, desencanto. Por fim, cada um pro seu canto.
Porque procuramos tanto ser amados pelo mundo, sendo que, o Dono dele já nos ama?
Nem sempre aquilo que agrada seus olhos, vai agradar o seu coração.
Antonio Neto. (via teleportear)